Enade 12 de Março de 2020

Inep participa de seminário sobre o Enade na Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) participou de mais um encontro com entidades representativas de instituições de educação superior na manhã desta quarta-feira, 11, em Brasília (DF), para discutir propostas de aperfeiçoamento dos instrumentos e procedimentos de avaliação. O seminário foi realizado na sede da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e discutiu o aprimoramento do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior. É a 12ª reunião do Inep com representações ligadas à educação superior para dialogar sobre a avaliação.

A equipe técnica do Inep vem concentrando esforços no desenvolvimento de estudos, com o objetivo de aperfeiçoar o conjunto de processos que compõem o Enade. O diretor de Avaliação da Educação Superior, Moaci Alves Carneiro, afirmou que o Inep dialoga com educadores, pesquisadores e representantes de instituições, no sentido de atender à expectativa da sociedade. “A finalidade é fazer com que os resultados obtidos por meio da aplicação dos indicadores de qualidade sejam revertidos em melhoria das políticas públicas educacionais”, declarou o professor Moaci.

ABMES – De acordo com Celso Niskier, presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior e organizador do seminário, “o diálogo com o Inep tem sido muito positivo no sentido de aprimorar a avaliação”. A associação representa 2.500 instituições, que contabilizam 80% das matrículas no ensino superior. “Tem havido uma sinergia nas discussões para tornar mais precisos os instrumentos que constituem o Enade”, completou Niskier.

Enade 2020 – O processo de inscrição para o exame neste ano já trará uma inovação. O enquadramento de cursos nas áreas de conhecimento em avaliação será automático. Até a edição passada, o procurador educacional institucional e o coordenador de curso eram responsáveis pelo enquadramento de acordo com a vinculação do projeto pedagógico dos cursos de graduação às diretrizes de prova publicadas pelo Inep. O procedimento automatizado obedecerá a Classificação Internacional Normalizada da Educação (Cine Brasil), uma metodologia que permite o agrupamento dos cursos de graduação e sequenciais de formação específica, de acordo com o conteúdo temático e adequados à estrutura de classificação adotada internacionalmente.

Para a coordenadora-geral de Controle de Qualidade da Educação Superior, Fernanda Marsaro, as inovações trazem benefícios ao processo de avaliação. “Todas as propostas que estão em estudo visam aperfeiçoar os instrumentos que aferem a qualidade de cursos e instituições”, declarou a coordenadora do Inep. “As contribuições dos participantes do processo estão sendo recebidas e avaliadas pela equipe técnica do instituto”, explica.

O coordenador-geral do Enade no Inep, Tarcísio Kuhn Ribeiro, também vê benefícios no enquadramento automático e explica a transição. “Neste primeiro momento, haverá a possibilidade de desenquadrar o curso, caso o procurador educacional institucional identifique alguma divergência entre o projeto pedagógico de um curso e a diretriz de prova da área de avaliação”, explicou o coordenador. “Porém, neste caso”, acrescentou, “não será possível enquadrar o curso em outra área”.

As provas do Enade 2020 serão aplicadas em 22 de novembro para os concluintes dos cursos de graduação das áreas avaliadas pelo exame.

Ano II do ciclo avaliativo

  • Grau de licenciatura: artes visuais, ciências da computação, ciências biológicas, ciências sociais, educação física, filosofia, física, geografia, história, letras – inglês, letras – português, letras – português e espanhol, letras – português e inglês, matemática, música, pedagogia e química.
  • Grau de bacharelado: ciências da computação, ciências biológicas, ciências sociais, design, educação física, filosofia, geografia, história, química e sistemas de informação.
  • Grau de tecnólogo: tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas, tecnologia em gestão da tecnologia da informação e tecnologia em redes de computadores.

Enade – O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, componente curricular obrigatório dos cursos de graduação, é constituído por um Questionário do Estudante e uma prova para avaliação de desempenho dos estudantes, composta por itens de formação geral, comuns aos cursos de todas as áreas, e de componente específico. Aplicado pelo Inep desde 2004, o Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).